08 maio 2006

Ele é demais!

"Quem é essa que caminha ao meu lado? Esguia.
Seu olhar perdido como o meu
Intermitentemente nos encontramos em um sorriso
Caminhando,mãos dadas, não suo mais.
Acho que o calor também era um pouco de medo.
Teu sorriso ilumina tanto.Teu olhar me consome. Você não percebe?
Afastados cada minuto parece tão vazio.
Ao teu lado a eternidade é fugaz.
Porque os fins de semanas são tão curtos?
As mãos, os dedos finos, uma cicatriz aqui outra ali...
Os cabelos, você prefere curtos, mas teimam em serem
lindos mesmo longos.
Teu olhar... Uma tristeza não sei de quê, ou sei?
Uma paz que me preenche vinda desse brilho bobo dos teus olhos.
Um sentimento que cura todas as cicatrizes.
Te amo. "

E vou mostrar a todos o que ele diz e me convencer de que vai ficar tudo bem, o silêncio é só calma.

Um comentário:

Gibran disse...

Strange, dear, but true, dear,
When I'm Close to you dear,
The stars fill the sky,
So in love with you am I.

Even Without you
My arms fold about you.
You know, darling, why,
So in love with you am I.

In love with the night mysterious
The night when you first were there
In love with my joy delirious
When I knew that you could care.

So taunt me and hurt me,
Deceive me, desert me,
I'm yours ‘til I die,
So in love,
So in love
So in love with you, my love, am I.

É do Cole Porter mas eu "roubei" como se rouba uma flor de um jardim pra te dar. Sei que ele não iria ligar...