23 julho 2005

Era uma vez...

O "seu" Zé era vizinho do "seu" Pedro, que era vizinho do "seu" Antônio e eles eram vizinhos do "seu" Paulo.
O "seu" Zé tinha um sitiozinho quase na beira da estrada onde ele criava umas galinhas, alguns porquinhos, tinha 2 vaquinhas leiteiras e vendia o leite na cidade.
Um dia o "seu" Paulo, que era dono de uma fazenda vizinha ao sítio do "seu" Zé, propôs a compra do terreno do "seu" Zé.
"Seu" Zé, pensando na família, com esse dinheiro se mudaria para a cidade e trabalharia com o filho em sua mercearia. O "seu" Zé vendeu o sítio.
E também o "seu" Pedro, o "seu" Antônio, o "seu" João, etc.
O "seu" Paulo como todos os latifundiários da região, resolveu plantar soja, desmatou o percentual de preservação, garantida por lei, da mata nativa para plantar.
No verão deste mesmo ano (o da compra) os moradores da área urbana começaram a ver tucanos e outros tipos de pássaros nunca antes visto por ali.
- Que lindo! Quantos tucanos!
- Eu contei 12!
Só conseqüência.
Eu denunciei ao Ibama, primeiro q foi ilegal o desmatamento, depois que esses tucanos daqui a pouco estarão em cativeiro ilegalmente, mas o Ibama só dificilta as coisas, vc tem que ter nome, endereço, tudo da pessoa. E eu não sei.
Mesmo assim enviei a denúncia e espero (de verdade) que alguém faça alguma coisa.
Ah, ao Greenpeace e à WWF não se pode denunciar, vc só pode ser ativista nas manifestações do momento, da agenda! (suspiro)
Pra quem não sabia, sou defensora dos "frascos e comprimidos", sim, e daí!

21 julho 2005

Fim das férias


Falta coisa de 1 semana para eu voltar e só me lembrei agora de algo que espero há algum tempo, as férias do Gibran.
Há mais de 1 ano esperamos por isso, para ficarmos um pouquinho mais de tempo juntos.
Ele já me ligou para saber meus horários e fazer os dele.
Espero ansiosa por isso...
Muito beijo na boca e cobertor de orelha.

19 julho 2005

Coisa séria é coisa séria


Alguns podem estar achando estranho eu não me manifestar sobre a palhaçada que acontece no DF. Eu também fico surpresa com isso, não que eu seja intelectualóide, ao contrário, alienação tem sido um dos motivos. O fato é que a indignação tomou conta da população, mesmo dos mais desinformados (se algum dia for de interesse assista o programa "Fora do ar" no SBT e vc verá Hebe Camargo e Adriane Galisteu, as 2 intelectuais, indignadas).
A causa do meu silêncio é minha alienação e a pura falta do que "dizer". Que essa 'merda' vai feder mais não tenho dúvidas, e esses putos ficam empurrando um pro outro a culpa. Alguém tem dúvidas da enrolação???Puro cinismo!
Agora, só agora, vai começar a quebra de sigilo bancário, telefônico e fiscal de alguns, deveria ser de TODOS, dos integrantes das CPMIs, dos depoentes e de todos os acusados e suspeitos.
Enquanto isso... No Rio fizeram escuta telefônica de alguém que dizia sobre seqüestrar o tal publicitário q não é publicitário nada (o que lhes parece isso?).
E no resto do país...
Palhaços.

18 julho 2005

A realidade de WB

- O que você tem feito por aí??
- Nada, tenho só acompanhado meu pai.
- O que está passando no cinema aí?
Pausa.
Riso.
- Aqui não tem cinema. Tinha, há muito tempo quando eu era muito pequena, mas fechou.
Mais risos.
- Tem Mc Donald's??
Pausa.
Risos.
- Tem o bar do Mesquita. PQ?
Risos.
- O que você faz aí??
- Pois é, eu fico em casa, acompanho meu pai e quando tem evento (com a festa à fantasia) eu vou.
- (risos) Você sabe que eu não vou praí, né??
- Eu sei.
- Eu vou morrer num lugr desses.
- Eu sei.

WB é assim.

A festa

Pois é, a festa aconteceu. Muita farra, música diversa e pessoas conhecidas. Vir pra cá é como olhar aqueles álbuns de fotografias antigos, você se lembra de tudo, coisas boas ou ruins.
Tem gente que faço questão de não cumprimentar, pq não me diz nada na vida, gente que passou na minha vida como qualquer um passa, pessoas que só me mostraram sua falsidade.
Tem gente que me deixa nostálgica, me deixa triste por estar longe, mas feliz por estarem seguindo seu caminho como eu tento fazer.
Todas essas pessoas conheço desde criança, criancinha mesmo, coisa de meus 5 anos, e tem gente que estava no meu aniversário de 1 ano (tenho fotografias para provar). Pessoas que são amigas de verdade, pessoas que em algum momento foram muito importantes na minha vida, e pessoas que se tornaram só conhecidas.
Tem gente que encontro quando venho e que só tem um tipo de conversa. Não sei se chega a ser lisongeiro, ou se ofensivo, mas é muito engraçado ver como algumas coisas não mudam (não sei se eu ou se eles).
Ter ido à festa valeu muito. Conversei um pouco com algumas pessoas, descubro "fãns" meus de quem também sou fã.
Tudo com muito bom humor, carinho e saudade.
Com certeza queria ter dividido estes momentos com meu namorado, queria ter visto gente que não veio e queria que todos os meus "Primos do Sul" tivessem ido, mas não deu.
Mesmo assim a banda estava ótima e conseguiu agitar mais de 1000 pessoas do início ao fim (essas qtidade de gente por aqui é acontecimento), a cerveja estava gelada, estavam todos fantasiados de verdade (escoceses, vaquinhas, pantera cor-de-rosa, super cenoura, tomadas, she-ha, etc. Muitas fantasias legais e originais.).
PS.> no site www.adrenalinafest.com.br estão fotos da festa, mas eu não saí em nenhuma delas. Vale entrar para ver as fantasias que estavam ótimas.

16 julho 2005

Me dá um nariz novo!

Quem tem rinite alérgica sofre, principalmente com essas mudanças bruscas de temperatura típicas daqui.
Hoje tem a festa a fanasia e só de pensar na fumaça de cigarro, no gelo seco q fazem questão de jogar para nos torturar, tenho vontade de ficar em casa.
Mas minha entrada já foi comprada e tenho só q arrumar uma fantasia.
Que a diversão comece!!!

14 julho 2005

Eu quero minha cama


Hoje passei o dia desanimada, com sono, sem vontade de fazer nada ou ver alguém.
Eu só queria dormir. Quero meu quarto, minhas coisas, minha televisão na frente da cama, meu edredon.
Sair de casa, por qualquer razão, me faz ter vontade de voltar logo (apesar de reclamar muito), não me lembrava de ser tão caseira!
Apesar do Frio de lá (aqui não está tão) eu ficaria dormindo o dia todo, no escurinho (apesar do barulho), assistindo tv... Essas coisas q só dá vontade de fazer em casa, e só dá pra fazer em casa.

13 julho 2005

A vida no Vietnã

Ser faz-tudo (clínico geral) no fim do mundo deve ser como no Vietnã na guerra, falta remédio, falta salário e vc não resolve os problemas.
Bom, toda vez que venho pra cá me lembro disso, e por isso eu não volto pra cá depois da formatura nem fico sem fazer residência, se bem que...
O caso é que médico ganha mal (acreditem vocês ou não), trabalha muito e não tem tempo para se atualizar (alguns poucos sortudos tem essa possibilidade) e fica nessa vida de camelo.
Mas estudar medicina é tão legal...
Ps.: Soube que hoje é dia do Rock, mas todos os dias são o dia do rock, tem dia de mais algum estilo musical???

10 julho 2005

tá frio...




E eu cheguei ao Paraná.
Antes de entrar no ônibus (é, 12h de ônibus) tive vontade de voltar pra casa pq pensei no tempo que passaria entro do ônibus.
Ao entrar no ônibus me lembrei que viajar com crianças é a pior das coisas, e tinha um menino chorando o tempo todo, crianças um pouco maiores ficaram brincando no corredor do ônibus (como conseguem??).
PAra minha sorte estava um tanto vazio e vim sozinha em 2 poltronas.
Cheguei!
De madrugada, longe daqui, meu pai foi me buscar, mais 2h de carro e cheguei (de verdade).
Desmaiei no sofá depois do tão esperado banho quente. Delícia!

Ps.> Gibran, o au-au veio.

Está frio...

E estou em férias, finalmente!
Por aqui tá frio e eu tô indo pro Paraná, que, com certeza, está mais frio do que aqui.
Vou "trabalhar". Meu pai não vai me deixar dormir até tarde.
Bom, é isso.
Férias, férias, férias...

06 julho 2005

Sobre coisas sérias

Hoje precisei ir à farmácia para que me aplicassem uma medicação intramuscular.
Não é a primeira vez que vejo a pessoa que aplica fazer coisas super erradas. A questão foi tão ridícula que eu tive vontade de me auto aplicar a tal medicação.
Primeiro que parecia que o rapaz que me aplicou IM não sabia o que estava fazendo, lavou as mãos de qualquer jeito, secou-as e jogou o papel toalha no lixo que ele teve que abrir com as mãos (bom, não adiantou nada ele ter lavado as mãos de qualquer jeito por isso). Depois ele fez a preparação da seringa de costas para mim, não quebrou a ampola com o algodão e nem trocou de agulha. Resumindo: ele fez TUDO errado.
Ah, como se não bastasse ele só sabia aplicar no glúteo, ele não sabia que no deltóide também poderia aplicar.
Gente, numa boa, eu fiquei horrorizada.
Não que eu seja expert em aplicações de injeção IM, mas eu tive um treinamento na faculdade e eu tive vontade de sair correndo (não o fiz pq não teria ninguém para aplicá-la e eu precisava que fosse hoje).
Tá aí, se vocês precisarem ir á farmácia, não vão, a não ser que vocês conheçam quem vai aplicar ou então peçam para algum estudante de enfermagem ou até de medicina que teve este treinamento (os estudantes irão adorar a confiança e ainda não vão te cobrar pelo serviço porco!).
I Just Don't Know What To Do With Myself

I just don´t know what to do with myself
I don´t know what to do with myself
Planning everything for two
Doing everything with you
And now that were through
I just don´t know what to do
I just don´t know what to do with myself
I don´t know what to do with myself
Movies only make me sad
Parties make me feel as bad
´Cause I´m not with you
I just don´t know what to do
Like a summer rose
Needs the sun and rain
I need your sweet love
To beat love away
Well I don´t know what to do with myself
Just don´t know what to do with myself
Planning everything for two
Doing everything with you
And now that were through
I just don´t know what to do
Like a summer rose
Needs the sun and rain
I need your sweet love
To beat love away
I just don´t know what to do with myself
Just don´t know what to do with myself
Just don´t know what to do with myself
I don´t know what to do with myself

05 julho 2005

Diário de uma estudante de medicina no 3º ano

Querido diário eu não queria conversar sobre isso com ninguém, principalmente com o pinguim pq ele é fofoqueiro, por isso vc foi criado.
Depois das primeiras provas pensei (inocentemente) que o 3º ano não é tão difícil quanto diziam, isso até receber as primeiras notas. Depois disso sinto-me incapacitada para exercer a profissão (isto antes da formatura, veja você).
Se passei 2 meses seguidos estudando uma matéria só, todos os dias, por pelo menos 3 horas e fui muito mal, imagine agora???
Estou com medo, querido diário, acordo com medo do que acontecerá no meu dia e tenho mais medo ainda de não estar aprendendo nada.
Amanhã escrevo mais!

03 julho 2005

Bauernfest

Estou aqui há +- 2 anos e 1/2. No começo eu amei, depois da chuva odiei e agora eu gosto de novo.
Mais uma das minhas relações de amor e ódio e será assim até me formar, e quem sabe até terminar a residência.
Não é uma cidade agitada, parece que as pessoas não gostam de ganhar dinheiro (o comércio não abre aos domingos e fica fechado até as 14h da segunda-feira), não sabem andar pelas calçadas com ou sem guarda-chuva, e por aqui chove pra caramba.
Mesmo assim tem algumas coisas legais e uma delas é a Bauernfest (se vc clicar no título da postagem vc entra no site). Comida e música típica alemã (eu só encaro o sanduíche de pernil) e muito chopp e vinho. É bem animado.
Agora começou o festival de Inverno que também é muito bom. Fora a música erutida tem show dos cantores populares. Tudo isso acontece em vários pontos da cidade o que faz ser mais legal ainda. Pena que é no mês das férias e eu perco o festival de inverno todos os anos.